Loading color scheme

Instituto Pobres Servos inicia atividade em três novas escolas de educação infantil

O Instituto Pobres Servos, através da filial Centro de Promoção da Infância e da Juventude (Rede Calábria) iniciou a gestão de mais três escolas de educação infantil em Porto Alegre. 

Educandos exibem alegria e integração na nova escola Padre Pedrollo

 

As novas escolas Padre Natal (Mário Quintana), Padre Pedrollo (Partenon) e escola Lavinia Perez  (Passo D’Areia) somam juntas mais de 300 novas vagas para alunos de 0 a 5 anos e 11 meses.

As escolas vão acolher os alunos em três fases. Inicialmente com o jardim, maternal e berçário em datas específicas divulgadas às famílias nas reuniões de pais e responsáveis. “A receptividade dos pais foi muito grande. São comunidades que precisam de atenção e cuidado. Estamos felizes e gratos pela oportunidade de fazer a gestão destas novas atividades e levar nosso jeito de ser e viver calabriano para estas crianças”, comenta a coordenadora-geral da educação infantil Karine Acerno.

Escola Lavinia Perez inicia com atividades de adaptação

As educadoras Bruna e Fernanda da escola comunitária Lavinia Perez revelam que as crianças chegaram bem ansiosas e receptivas ao novo espaço. Todas com misto de alegria e curiosidade exploraram o pátio, as salas e iniciaram propostas de adaptação.

Nome das novas escolas remete a importantes personagens da história da Obra dos Pobres Servos

As novas escolas levam no nome o carisma calabriano e lembram figuras importantes no desenvolvimento da Obra dos Pobres Servos ao longo dos anos.

Irmã Lavinia Perez – Lavinia Giulia Maria Perez filha de Conde Antônio Perez e Marquesa Anna Lisca, nasce em Verona em 10 de junho de 1863, no palácio dos Condes Perez. Irmã do Irmão Francisco Perez (1º Irmão Pobre Servo), que deixou tudo para se dedicar totalmente aos pobres, junto com São João Calábria.

Ir. Lavínia foi a segunda a fazer parte do ramo feminino da família calabriana. Após sua conversão e convicta de que “o amor próprio estraga as coisas mais santas”, enquanto “com a humildade, à qual o Senhor me chama, poderia obter tantas virtudes que me faltam: zelo pelas almas, luz para o intelecto, generosidade, fé”, tornou-se serva de Deus auxiliando Padre Calábria em seu trabalho incansável.

Padre Natal de Jesus – Natale di Gesu nasceu em Lavone (Bréscia), em 27 de maio de 1863. Provém de uma família que gozava de boa posição econômica. A renda provinha do cultivo das terras, do comércio de lenha e de gado. Aos doze anos por infelicidade perde o pai e José terá que abandonar seus estudos para se dedicar a ajudar a mãe e a levar adiante os empreendimentos da família.

Confessor de Padre Calábria e orientador Espiritual, influenciou determinantemente na sua vida e vocação, e consequentemente para o desenvolvimento da Obra Calabriana.

Padre Luis Pedrollo -  Luigi Silvestro Pedrollo nasceu em Verona, em 31 de dezembro de 1888. Padre Pedrollo foi uma figura muito importante para a Congregação Pobres Servos e para toda a Obra Calabriana, pois foi o primeiro sucessor de São João Calábria.

Padre Pedrollo teve um papel fundamental de apoio e ajuda ao Padre Calábria por ocasião da crise que se abateu entre os religiosos pobres servidores para a interpretação prática das Constituições de 1932. As Constituições aprovadas em 1932 não refletiam o carisma do fundador quanto à igualdade jurídica entre sacerdotes religiosos e religiosos leigos, a Sagrada Congregação dos Religiosos.