Loading color scheme

Falecimento de Padre Mario Gadili, pobre servo e autor da Biografia Oficial de São João Calábria

Comunicação

Com profundo pesar, anunciamos que nesta manhã (18) o querido padre Mario Gadili, pobre servo e autor da Biografia Oficial de São João Calábria, voltou à casa do Pai. Padre Mario, que tinha 87 anos, faleceu repentinamente em Negrar (Itália), na Casa Clero, onde viveu os últimos 20 anos.


Padre Mario nasceu em Tivoli, perto de Roma, em 9 de outubro de 1933. Entrou na Casa de Formação dos Pobres Servos de Maguzzano em 1946. Nove anos depois, em 1955, entrou no noviciado e em 8 de setembro de 1956 fez a primeira profissão religiosa. Sua primeira profissão trienal em 8 de dezembro de 1959 e foi ordenado sacerdote em 1960.
Os primeiros anos de serviço religioso que lhes deu na Casa San Pio V de Roma, agora chamada Collegino, à qual padre Mario manteve um carinho especial durante toda a sua vida, mantendo até os dias de hoje intensos laços com os ex-alunos da Casa. Em 1963 chegou o chamado para missões no Uruguai, onde permaneceu por quatro anos.
 
De volta à Itália, voltou a Roma, primeiro para o Collegino e depois para a via Bonelli, onde foi protagonista de muitas iniciativas sociais e educacionais na fronteira para ajudar os mais pobres e marginalizados nas áreas periféricas da capital e na região. Particular para Primavalle, colecionar com entusiasmo e originalidade foi o fermento pelo qual a sociedade italiana passou nos anos setenta. No início dos anos oitenta, o serviço religioso levou-o à paróquia dos Gordians, também em Roma, e depois a Nápoles de 1985 a 1987, período em que também foi capelão da prisão. Em 1987 esteve em Maguzzano, depois ao longo dos anos 90 em San Giuseppe e San Zeno in Monte. Naqueles anos dedicou-se à formação espiritual de colaboradores e ao estudo, explorando sua grande veia como narrador e escritor.

Foi ele o autor da biografia oficial de São João Calábria, publicada em vista da canonização do Fundador, em abril de 1999 em Roma. O livro ainda hoje é muito lido por todos aqueles que desejam conhecer o santo, tanto que já chega à sua terceira edição com um prefácio do bispo de Chieti, Mons. Bruno Forte.
Desde 1998 Padre Mario passou para a comunidade de Negrar, continuando com seus estudos e com suas publicações para divulgar as pessoas e o Carisma da Obra. Entre seus livros, vale a pena mencionar uma biografia do Irmão Francesco Perez, publicada em 2010, uma história muito preciosa das missões calabrianas, além de muitos livrinhos que contam a vida e as obras dos Pobres Servos. Além disso, nos últimos anos tinha realizado com paixão e competência a revista do Apostolado dos Doentes, deixada só nos últimos anos devido à sua saúde que lentamente o abandonava.