Loading color scheme

ENFIM, DE VOLTA À ESCOLA!

Social

Mês de novembro na E.E.I Padre Natal (Porto Alegre) é marcado pelo retorno das crianças.

ADAPTAÇÃO

Após um extenso período de isolamento social, o mês de novembro na E.E.I Padre Natal foi marcado pelo retorno das crianças. Para que os pequenos se sentissem acolhidos e relembrassem a alegria das descobertas, as educadoras rechearam seus projetos com atividades lúdicas e diversificadas.

ARTE E NATUREZA

A Turma do Jardim A, juntamente com a professora Márcia Denise, se lançou em uma exploração do pátio da escola em busca de elementos da natureza, a fim de encontrar matéria prima para uma obra de arte diferente. Pedrinhas, galhos, folhas e areia ganharam um novo significado nas mãos dos pequenos, que descobriram texturas, cores e aromas. O cheiro dos galhos de chá se espalhou pela sala, somente perdendo para a animação da turminha, que se espalhou pela escola toda ao contarem como a atividade foi prazerosa e divertida.

Um dos meninos, ao mostrar seu trabalho já pronto, olhou para a educadora volante e disse: – “este fui eu quem fiz, não está perfeito?”. Muito além de desenvolver as atividades manuais, as crianças se sentiram potentes, capazes de produzir algo de valor único que somente é possível em um ambiente de aceitação e acolhimento.

DIVERSÃO QUE VAI E VOLTA

Seguindo no rumo das produções manuais, o Jardim A também construiu seus próprios ioiôs com material reciclável. Cada um decorou a seu gosto e descobriu como um olhar criativo pode transformar as coisas mais simples em algo novo e incrível. Coordenação, precisão, equilíbrio e outras habilidades puderam ser trabalhadas de maneira significativa para os pequenos e, como um é pouco, teve criança pedindo para sua família para juntar os materiais necessários e construir outro ioiô em casa.

DOBRADURAS E DESAFIOS

Quem acha que a turma do Jardim B ficou para trás se engana, as crianças juntamente com a professora Eduarda C. também mostraram toda a sua habilidade nos origamis de bichinhos. Com paciência e determinação as crianças transformaram os pedaços de papel em lindos cachorrinhos e peixes. Sequência de etapas, coordenação, concentração e desenvolvimento da capacidade de compreensão foram sendo trabalhados durante a atividade e o resultado foram sorrisos satisfeitos de quem conseguiu vencer o desafio.

TEM MAIS BICHINHOS POR AQUI

O tema dos animais também chegou na hora do conto com o livro “Declaração Universal dos direitos dos Animais” de Luiz Coronel. Encantados por livros, os pequenos do Jardim B ouviram a história contada pela professora Anita e depois puderam recriar seu personagem favorito através de esculturas de massinha de modelar. De forma simples eles vão aprendendo a valorizar a vida em suas mais diversas formas.

 Acesse: www.calabria.com.br