Loading color scheme

A Lectio Divina - Leitura Divina

Espiritualidade

A Lectio Divina indica a prática de leitura que se faz da Bíblia para alimentar a fé, a esperança, a caridade, e o compromisso.

Irma Anna Maria Benedetti[i]

Lectio Divina sempre foi a espinha dorsal da Vida Religiosa: apresenta as quatro atitudes permanentes que devemos ter diante da Palavra de Deus – os quatro degraus da leitura da Bíblia –, tanto pessoal como comunitária. Faz crescer na compreensão do sentido e da força da Palavra de Deus. Os quatro degraus são: leitura, meditação, oração e contemplação.

Leitura

Ler muito para conhecer o texto – familiarizar-nos com o texto. Não pode ser feita de maneira superficial. Deve ser atenta, constante, perseverante. É ponto de partida, não de chegada. Prepara o leitor para o diálogo da meditação. Ajuda o leitor a situar o texto em seu contexto de origem. O que diz o texto?

Meditação

Indica o esforço que se faz para atualizar o texto. O texto deve falar para nós – tem algo a nos dizer hoje. O que é que Deus, através desse texto, tem a dizer hoje a nós que consagramos nova vida a Ele e ao povo? O que diz o texto para mim, para nós? o que pede? O que a mensagem deste texto diz para a nossa situação? Que mudança de comportamento ele sugere para mim? O que ele quer fazer crescer em mim, em nós? Para nós em que ponto nos condena? Quando fica claro o que Deus pede, chegou o momento de dar a resposta...

Oração

É a nossa resposta à Palavra de Deus. Até agora, era Deus quem falava. Chegou o momento da oração, da resposta. É um momento especial para a prece. O que o texto me faz dizer? O que o texto me faz pedir? O que o texto nos faz dizer, pedir?

Contemplação

Até agora, nos colocamos diante de Deus, lemos e escutamos a palavra; estudamos e descobrimos o seu sentido; com ele nos comprometemos; transformamos tudo isto em oração diante de Deus como projeto para a nossa vida. O sal da Palavra desapareceu na nossa vida e lhe deu novo saber; o pão da Palavra foi mastigado e lhe deu força para uma nova ação. Agora, tendo tudo isto na mente e no coração, começamos a ter um novo olhar para observar e avaliar a vida. É o olhar de Deus.

______________

[i] Anna Maria Benedetti nasceu em 7 de fevereiro de 1941, na Itália. Veio ao Brasil como missionária em 1976, trabalhou como formadora das aspirantes em Farroupilha - Rio Grande do Sul. No ano de 1989 iniciou a atividade das irmãs em Quixadá – Ceará, vivendo nessa missão até o seu retornou à casa do Pai em 7 de dezembro de 2013. Sua vida foi doada na formação e nas atividades sociais com senhoras que faziam artesanato.