Loading color scheme

PALAVRA DO DELEGADO: Natal, esperança renovada em tempos de pandemia.

Como será o Natal em tempos de pandemia?

Certamente um Natal atípico e de muitas restrições devido à pandemia que estamos enfrentando. Num mundo centrado no consumismo, o Natal de 2020 é um grande desafio para o comércio: como manter o isolamento e, ao mesmo tempo, as grandes aglomerações das compras natalinas de última hora? O mundo consumista faz com que as pessoas encham suas vidas de muitas coisas materiais, festas e presentes. Mas o verdadeiro sentido do Natal, dá-se em uma realidade totalmente diferente.

O Senhor se manifesta na brisa suave (1Rs 19,12), e se revela aos pequeninos (Mt 11,25). Deus ofereceu à humanidade um menino pobre, frágil, nascido num estábulo e insignificante lugar da província do Império Romano. Com a presença de poucas pessoas, somente Maria, José e o recém-nascido, ninguém mais. Sem aglomerações, aplausos e confortos. Sozinhos num lugar que não era deles.

O nascimento de Jesus significa compreender o seu verdadeiro sentido. Com as nossas fragilidades, neste tempo de crise, a partir do Evangelho, somamos forças para responder aos desafios da missão com novas estratégias, como fez nosso fundador São João Calábria.

Por isso não é o tempo de lamentações, mas de novas oportunidades, de vivermos o Natal com mais simplicidade e humanidade. Solidários com as pessoas que perderam ente queridos, empregos, sem alimentos e sem casa/lar para viver. Momento da sensibilidade, de perceber essa triste realidade e praticarmos o verdadeiro sentido natalino: acolhida, fraternidade e caridade.

O espírito de Natal é simples e pobre. Mas repleto de esperanças, pois o novo que nasce, está à nossa frente (Cf. Is 43,19).

“Mas o anjo disse aos pastores: ‘Não tenham medo! Eu anuncio para vocês a Boa Notícia, que será uma grande alegria para todo o povo: hoje, na cidade de Davi, nasceu para vocês um Salvador, que é o Messias, o Senhor’” (Lc 2,10-11).

Feliz Natal e um Ano Novo cheio de prosperidade e alegria!

 

Padre Gilberto Bertolini, PSDP

[Revista A Ponte, Vol  IV, p. 6, 2020]