Noviços fazem experiência no Mosteiro da Transfiguração, em Santa Rosa - RS

noviços_visitam_mosteiro
Noviços visitam mosteiro em Santa Rosa

Os noviços Pobres Servos da Divina Providência, juntamente com o mestre do Noviciado, Pe. Juan Finozzi, PSDP viveram um momento especial na atual etapa vivida por eles, visitaram o Mosteiro da Transfiguração, localizado na cidade de Santa Rosa-RS nos dias 10 a 14 de Outubro.

O Mosteiro da Transfiguração é um mosteiro clássico. Vivem segundo a Santa Regra de São Bento. Uma das particularidades do mosteiro é a abertura ao "Novo Pentecostes" que o Concílio Vaticano II desejou para a Igreja de nosso tempo.

Atualmente pode-se pensar "Por quer ser monje nos dias de hoje? Que apostolado fazem?". Para estas perguntas, os próprios monjes de Santa Rosa nos respondem "O monge faz sua e participa da missão de Cristo e da Igreja mediante sua doação pessoal a Deus e fidelidade à vida monástica. Seu apostolado está em seu coração orante e purificado, no qual se encontram as alegrias e tristezas de toda a família humana. O mosteiro é sinal silencioso da presença transcendente de Deus entre os homens. É uma profecia da comunhão com Deus a qual Cristo nos convida. 'O Reino Deus está no meio de vós' (Lc. 17,21). Com sua oração, sustenta, misteriosamente, a missão de toda Igreja, permanecendo diante do Senhor dia e noite. Usando as célebres e sábias palavras de Paulo VI, os mosteiros são como que 'os pulmões da Igreja'.

Não realizamos obras de apostolado fora dos muros do mosteiro. No entanto, nossas portas estão sempre abertas para o povo. Aqueles que vêm ao mosteiro são convidados a compartilhar conosco do clima de solidão e silêncio, onde floresce a lembrança de Deus e a oração pura e contínua. Pela hospitalidade, o mosteiro compartilha o fruto de sua contemplação e trabalho. É uma hospitalidade aberta a todos, sem distinção. 'Todos os hóspedes que chegarem ao mosteiro sejam recebidos como o Cristo, pois Ele próprio irá dizer: ?Fui hóspede e me recebestes?'(RB.53,1). Nossa liturgia também é um espaço de hospitalidade. Todos são convidados à participar de nossos momentos de celebração do Ofício Divino (Liturgia das Horas) e da Eucaristia, que se realizam na igreja do mosteiro diariamente. ?Nas regiões onde existem mosteiros, a vocação dessascomunidades é favorecer a partilha da Oração das Horas com os fiéis e permitir a solidão necessária a uma oração pessoal e intensa? (C.Ig.C., 2691)".
 
Ficamos alegres por esta vivência que os noviços puderam fazer, e eles também nos relataram como foram estes dias: "A comunidade do Noviciado N. Sra. De Caravaggio esteve visitando o mosteiro da Transfiguração em Sta. Rosa- RS. Para nós vocacionados à Vida Consagrada, foi uma experiência única, muito significativa. Primeiro pela característica do lugar que chama à oração, depois pela simpatia, acolhida e simplicidade dos monges. Estes dias no mosteiro foram muito importante em nossa caminhada. Os monges são impecáveis no cuidado para com a liturgia; a delicadeza no cantar dos salmos...é lindo! É uma carga de espiritualidade que anima qualquer vocação. É Deus que chama a cada um de nós para realizarmos o seu amor nos diferentes modos de Vida Consagrada".