Calábria é reconhecido entre as melhores ONGS do Brasil

No último dia 01, o Centro de Educação Profissional São João Calábria foi reconhecido como uma das 100 melhores ONGs do país.
O diretor-geral do Calábria e CPIJ Pe. João Pilotti representou a instituição na cerimônia de premiação, que ocorreu no Museu de Arte Moderna, localizado no Parque Ibirapuera, em São Paulo.
 
A premiação é uma iniciativa do Instituto Doar e Rede Filantropia. O Prêmio Melhores ONGs foi criado para valorizar as organizações filantrópicas que se destacam pelo trabalho em prol da sociedade com boas práticas de gestão e transparência.
 
O diretor-geral Pe. Pilotti lembra que a experiência da instituição em participar do processo seletivo das Melhores ONGs 2018 para se doar foi única. "Desde as diversas etapas de seleção ao evento da premiação revivemos nossa trajetória, especialmente dos últimos anos, e percebemos ainda mais o quanto foi e está sendo importante a participação de tantas pessoas que dentro e fora do Calábria, bem como órgãos e entidades parceiras, teceram a rede de relações e apoios que nos fazem ser o que somos. Nosso agradecimento especial ao Instituto Pobres Servos da Divina Providência, nossa mantenedora, pelo constante apoio", comenta.
 
Processos contábeis, administrativos, financeiros e de comunicação foram critérios utilizados para avaliar as instituições sociais participantes. Segundo organizadores do evento, existem mais de 800 mil ONGs em atividade no país.
 
Pe. Pilotti revela, ainda, que o recebimento do prêmio no Museu de Arte Moderna despertou-lhe na memória os 56 anos de existência do Calábria e em quantas pessoas foram beneficiadas nestas décadas e em quantos colaboradores fizeram a sua parte para que a instituição calabriana chegasse onde está. "Dedicamos  o prêmio Melhores ONGS 2018 com gratidão para todos. Fica também um incentivo: realizar cada vez mais e melhor a nossa missão institucional de Educar, semeando esperança!", reitera o religioso. Confira a lista oficial dos premiados em https://melhores.org.br/