HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, é dia de homenagear as mulheres e também de celebrar suas conquistas, seja no campo política, social ou econômico. 

Foram tempos sombrios, hoje ainda vale lembrar que existem culturas que discriminam e exercem violência contra a mulher. Infelizmente não é um problema superado.

O Santo Padre lembra-nos que sem a mulher não há harmonia no mundo "Muitas vezes, quando nós falamos das mulheres falamos de modo funcional: mas a mulher é para fazer isto, quando, ao invés, a mulher traz uma riqueza que o homem, toda a criação e todos os animais não têm: a mulher traz harmonia à Criação, somente com a mulher Adão podia ser uma única carne" Papa Francisco.

Na obra calabriana, a mulher sempre teve muita atuação, seja na direção das instituições, coordenação, como religiosa, como irmã externa ou colaboradora.

Para nosso fundador, São João Calábria, a mulher é símbolo da ternura criada pelas mãos do Pai Providente. Capaz de formar em si a vida e desempenhar com excelência a sua missão social e profissional.  Presença feminina a qual Calábria incluía e presava com esmero na Obra. "Como todas as mulheres experimentam doces sentimentos quando percebem que o rosto de seus filhos reproduz de alguma forma traços seus, assim Maria, nossa doce mãe, a Dona da Obra" São João Calábria.

Paralelamente ao ramo masculino da Obra, Pe. João Calábria iniciou o ramo feminino, que se desenvolveu no curso dos anos. Foi elevada à congregação religiosa de direito diocesano no ano de 1952, com o nome de "Pobres Servas da Divina Providência".

Pobres Servos e Pobres Servas são dois ramos de uma mesma planta, com as raízes voltadas para o céu. Procuram viver o mesmo espírito e através da fraternidade e da missão em comum, demonstrar ao mundo que Deus é Pai. Em sua figura humilde, Pe. Calábria nunca se considerou o fundador, tendo nomeado a Deus como verdadeiro fundador.

Atualmente, as Pobres Servas estão presentes em 4 continentes e 8 Países: Itália, Brasil, Argentina, Uruguai, Angola, Paraguai, Índia e Romênia. As atividades foram se diversificando, mas o objetivo primeiro permanece, em comunhão com os Pobres Servos e com toda a Família Calabriana. No Brasil, as primeiras Irmãs chegaram em 1974, no Mato Grosso do Sul. 

 Que Maria interceda e proteja todas as mulheres. Feliz dia da Mulher!

 

São os votos da

Delegação Nossa Senhora Aparecida 

Pobres Servos da Divina Providência.