Instituto Padre Luis Cecchin comemora 46 anos de atividade

REINAUGURACAO_IPLC
Reinauguracao IPLC
O Instituto Padre Luis Cecchin (IPLC) realizou, no último sábado (17/09), celebração dos 46 anos de atividade e reinaugurou sua sede após reforma das instalações. A celebração foi presidida por sua Excelência Reverendíssima Dom Frei Severino Batista de França, bispo emérito da Diocese de Nazaré, e concelebrada por Pe. Antônio Inácio, Administrador Diocesano da Diocese de Nazaré, Pe. Jailton de Oliveira Lino, Pe. Osmair José e Pe. José Raimundo, tendo ainda a participação de benfeitores italianos e familiares do Padre Luis Cecchin (Sr. Angelo e dona Teresa Cecchin), religiosos, comunidade local e autoridades.     
A cerimônia eucarística celebrou em gesto concreto de fé e agradecimento os 46 anos de missão do IPLC entre os mais pobres e sofridos, amados de Deus Pai, acolhidos por Padre Luis. Entre as comemorações, houve ainda a bênção e a reinauguração das novas instalações de atendimento socioeducativo que beneficiam diariamente crianças e adolescentes no período do contra turno escolar, sendo uma resposta positiva e inclusiva à comunidade carente.
 
Em sua homilia, Dom Severino, destacou a importância e o papel de Padre Luis e do IPLC junto aos Limoeirenses neste quase meio século de atividades, afirmando que sua história jamais deve ser esquecida, e que sua obra não deve parar. Pe. Jailton de Oliveira Lino, por sua vez, reforçou o desejo de participatividade que todos devem assumir, destacando que os esforços para atender esses cidadãos é um dever de cunho social, que devem também ser assumidos pelo governo municipal com objetivo efetivo de preservar a garantia desses diretos. Ao final da celebração Sr. Angelo e dona Teresa, tomaram a palavra para agradecer pelo carinho ao saudoso Padre Luis, fazendo alusão a obra e a missão, seguida dos benfeitores que também renderam agradecimentos pela acolhida e continuidade das atividades.
 
Agradecemos a todos os presentes na cerimônia e de modo especial a todos os colaboradores que a cada dia doam um pouco de si em nome da Instituição, mas, principalmente, se doam por causa de todos os que são atendidos ali.