Loading color scheme

A Congregação das Pobres Servas da Divina Providência, fundada por São João Calábria e oficialmente reconhecida em 1957, é composta, atualmente, por cerca de 100 irmãs.

O dia 17 de abril de 1910, data histórica da fundação da Congregação das Irmãs, coloca-se num contexto verdadeiramente desafiador para o Padre João Calábria, como ele mesmo relata em um dos seus escritos: "Foi o Senhor, sem que eu pensasse, que, por meio de várias circunstâncias, empurrou-me, diria quase docemente me coagiu, a recolher piedosas mulheres que se sentissem dispostas a auxiliar os irmãos nas funções mais específicas do sexo feminino, para o bem das pobres criaturas abandonadas e recolhidas nos tetos da Divina Providência". São duas as Irmãs que constituem o início desta fundação: a Irmã Ângela de Battisti e a Irmã Lavínia Perez.

Pe. Calábria, sempre atento aos sinais de Deus, percebe a vontade divina através das necessidades de contar com a ajuda de algumas mulheres ao garantir um cuidado junto aos menores acolhidos na casa, ocupando-as com tarefas domésticas e aos cuidados e carinho próprios da figura materna.

A Delegação Rainha da Paz corresponde aos países Argentina, Paraguai, Uruguai e Brasil.

Para saber mais sobre as Irmãs Pobres Servas, acesse o site oficial www.pobresservas.org.br